O amigurumi vem sendo a porta de entrada de muita gente no mundo do crochê – com um grande empurrão de pessoas lindas como a Bia Moraes e sua série Amigurumi do Zero e a Dani Daledone, que popularizou os polvinhos para recém nascidos aqui no Brasil.

 

Polvinho - receita free de Dani Daledone Fonte: thmbydani.com.brPolvinho – receita free de Dani Daledone Fonte: thmbydani.com.br
Acontece que muita gente entra nesse mundo sem conhecer suas particularidades, não sabem que existem receitas que são pagas e receitas que são gratuitas, desconhecem o conceito de direito autoral, não fazem ideia de como creditar o criador de uma receita… E é muito comum cair em grupos de facebook e whatsaap onde a troca de arquivos – pirateados – rola solta e acabar cometendo pirataria involuntariamente.

Mas um dia a grande ficha acaba caindo, você percebe – lendo, estudando e até tomando ‘patadas’ de outras artesãs mais experientes – que estava agindo errado e começa a pensar onde encontrar receitas gratuitas de amigurumis tendo a certeza de que não estou pirateando ninguém? E você começa a perceber que vai ter que trabalhar um pouquinho pra isso, pois pesquisa do Google e Pinterest vão te retornar muitas receitas compartilhadas de forma irregular – nem mesmo o YouTube é garantia, pois existem canais que ensinam receitas pagas sem a devida autorização do autor.

 

Por isso decidi fazer um pequeno ‘guia’ de sites garantidos onde você pode encontrar algumas receitas free e praticar a técnica sem medo. Esses são apenas alguns dos meus preferidos, é claro que tem muito mais coisa por aí 😉 clique nos títulos para abrir cada uma das páginas 😉

 

Em Português

Giragdoll - receita free de Cla Batu Fonte: cacarecoscraft.wordpress.com Giragdoll – receita free de Cla Batu Fonte: cacarecoscraft.wordpress.com
 

AmiBR

Talvez o projeto mais lindo de amigurumi que esse Brasil já viu! Eles tem zilhões de receitas gringas traduzidas para o português – TODAS COM AUTORIZAÇÃO DOS AUTORES – e o site ainda conta com uma lojinha, serviço de tradução de receitas, dicionário de siglas, tutoriais… É um arraso!

 

Cacarecos Craft 

Blog da Clarice Batusanschi, recheadíssimo de paps coisa mais fofa do mundo de amigurumis tradicionais e em estilo ragdoll – e tem outras cositas também.

 

THM By Dani

A Dani Daledone é professora de amigurumi em Curutiba – onde ela ensina amigurumis exclusivos para suas aulas presenciais – mas em seu blog ela disponibiliza algumas receitas maravilhosas (o primeiro amigurumi feito pelo Diego foi a partir de uma receita do blog dela)

 

Crochet.land

Blog da DIVA (e minha amiga também) Bruna Scopel. Não tem só receita de amigurumi, mas é parada obrigatória pra quem quer expandir seus horizontes no crochê.

 

Santinhas e Santinhos

Grupo no facebook criado pela Márcia Scarpelli com o objetivo de compartilhar de forma exclusiva a receita da Nossa Senhora, criada por ela e pela Karina Peres. O grupo cresceu e hoje seu arquivo (existem ‘arquivos do grupo’ do bem, viram só?) conta com inúmeras variações. É um ótimo lugar para também aprender sobre direitos autorais e ética no crochê.

 

Casal Crochê

Sim! Nós também temos algumas receitas gratuitas disponibilizadas! E adoramos quando vocês fazem e nos marcam ^^

 

Em outras línguas

 

Bebê unicórnio - receita free de Raquel H.Fonte: littleyarnfriends.com Bebê unicórnio – receita free de Raquel H.Fonte: littleyarnfriends.com
 

Spin a Yarn

A designer Jillian Hewitt é muito conhecida por seus amigurumis em estilo ragdoll e tem padrões gratuítos em seu site. Existe também a opção de compra do pdf, para imprimir, guardar e dar aquele incentivo à artesã (e eles são super baratinhos)

Little Yarn Friends

Diretamente de Singapura Rachel H. divide com a gente uma série de receitas fofas (algumas estão traduzidas no AmiBR) – inclusive o meu unicórnio preferido da vida toda!

Amorfou

A jornalista e crocheteira Carla Mitrani tem um dos estilos de amigurumi que eu mais gosto, suas peças parecem saídas de um sonho e suas fotos sempre tem algo de etéreo… Em seu blog ela compartilha alguns padrões em espanhol, inglês e francês.

 

Algumas coisas importantes:

  • Não esqueça de dar os créditos: Não é porque a receita é gratuíta que ela passa a ser ‘de ninguém’. Tem dúvidas sobre como creditar? Leia o nosso post onde falamos sobre isso.
  • Cuidado com Google, Pinterest, Pin Diy e etc.: Como escrevi antes, muito do que encontramos em uma pesquisa  no Pinterest, no Google e em outros sites e plataformas são receitas compartilhadas de forma irregular. Ficou na dúvida? Pergunte em suas redes de confiança se conhecem aquela receita, sabem quem é a designer e se é ou não paga.

 

E aí? Já conheciam esses links que indiquei? Gostaram desse conteúdo? Tem outras dicas quentes para dar?

Então não se acanhem, usem a caixinha de comentários e compartilhem essa informação com mais gente!

 

 

%d blogueiros gostam disto: